Seguidores

terça-feira, 22 de maio de 2012

0

O que trabalhar com crianças da turma de Creche 1

cute-colors7
2 a 3 anos
OBJETIVO:
 
Promover o desenvolvimento físico, psíquico e social da criança respeitando sua maturidade emocional.Incentivar o uso do raciocínio através de atividades recreativas que valorizem a auto estima do aluno.
 
ATIVIDADES:
 
• Controle dos esfíncteres, de forma gradativa e com grande paciência e estímulo/incentivo por parte do professor.
 
• Higiene Bucal apõe as refeições, estimulando e incentivando para o uso da escova.
 
• Alimentar-se sozinho, com ajuda do professor, aos poucos as crianças aprendem a levar a colher sozinho à boca.
• Introdução de alimentos sólidos, onde aos poucos as crianças deverão se alimentar normalmente, como as crianças maiores, tirando a sopa e a fruta.
• Estimulação do próprio corpo,m identificando e nomeando as partes do corpo. Pode utilizar músicas e brincar de lavar a boneca. No banho também nomeia-se o corpo.
• Garatuja: folhas em branco, onde a criança poderá pintar com lápis, giz de cera e/ou guache (tomando muito cuidado para não levar à boca e aos olhos).
• Exercícios de encaixe, sempre incentivando para que a criança acerte. De início o professor deve ajudar a criança, até que ela consiga associar a forma ao buraco.
• Jogos de bola em rodas, promovendo a integração social, onde a criança deverá joga-la para o amigo, dizendo o nome (ou dito pelo professor).
• Trabalhos manuais com massinhas e argila, deixando que estes manuseiem bastante.
• Incentivo e desenvolvimento da fala, onde o professor deverá conversar e estimular para que a criança consiga manifestar o que quer, não permitindo que ela só se manifeste por gestos.
• Ampliar seu vocabulário, conversando diariamente, com a criança sobre os aspectos do dia-a-dia.
• Incentivar e permitir a fala da criança em todas as atividades possíveis, falando corretamente com a criança. Mostrar à criança a conveniência de falar em voz baixa, trabalhando com a criança o saber escutar.
• Apresentação das cores.
• Trabalhos com músicas gestuais, cantigas de roda e dança, estimulando partes do corpo.
• Contos de histórias curtas.
• Coordenação motora livre, como rasgar papel, brincar de massinha, etc.
• Brincadeiras de imitar os adultos, como escovar os dentes de bonecas, fazer comidinha, ir as compras, banho de bonecas, etc.
• Explorar o ambiente escolar, mostrando árvores, passarinhos, parquinho, etc.
• O uso do parquinho diário, pois nessa idade a criança tem bastante energia e grande dificuldade de concentração, por isso todas as atividades devem ser curtas e com bastante estímulo/incentivo por parte do professor.
• Imposição de limites e boas maneiras, dizendo "não" à criança, toda vez que colocar em perigo si mesmo, os colegas, tias e o ambiente escolar.
• Traçados simples: Coordenação Motora.
• Formas Geométricas: círculo, quadrado e triângulo
OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS:
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
2. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
3. Permitir que a criança seja independente.
4. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
5. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
6. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
7. Mantê-la ocupada.
8. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

O que trabalhar com crianças do Berçário

82
 OBJETIVO:
Desenvolver harmonicamente os aspectos físicos, psíquicossociais do bebê, respeitando sua maturidade emocional.
Desenvolver a psicomotricidade da criança através do corpo e do movimento.
OBJETIVOS SÓCIO-EMOCIONAIS:
Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
Habituá-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
Permitir que a criança seja independente.
Deixá-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
Mantê-la ocupada
Levar a criança a participar das atividades de grupo.
ATIVIDADES:
· Estimulação tátil (acariciando o bebê sempre que possível e conversas diárias).
· Estimulação visual, através de objetos coloridos, que permitam o manuseio com as mãos e a boca.
· Estimulação de movimentos como se arrastar, engatinhar para buscar um objeto
. Incentivar também o andar, segurando-o com as mãos.
· Estimulação verbal conversando com a criança todo o tempo, brincando e sorrindo.
· Introdução de alimentos com a paciência do professor, pois a adaptação nem sempre é fácil.
· Trocas de roupas e fraldas contínuas, sempre que for necessário.
· Banhos agradáveis, acompanhados de conversas e músicas.
· Músicas gestuais e cantigas de roda (sentados).
· Exercícios com bolas e brinquedos de encaixe, quando a criança apresentar maturidade.
· Incentivo a fala.
· Imposição de limites, dizendo não, toda vez que a criança colocar em perigo si mesmo, os colegas, tias e o ambiente escolar.

"Brincadeira é coisa séria".


Ter quatro, cinco ou seis anos significa ver e experimentar muitas rodacoisas pela primeira vez: a escrita do próprio nome, descobrir as minhocas debaixo dos vasos, conseguir fazer um "morcego" nas aulas de educação física, dosar a força para quebrar o ovo da receita, construir rios e represas no tanque de areia, surpreender-se com o resultado da mistura de tintas, perseguir os sapos escondidos no bosque, perceber o significado de equipe ao somar os pontos de um jogo, ler a primeira palavra, perder o primeiro dente... e no final do dia, levar uma lembrança de cada atividade impressa no uniforme.
Crianças precisam de uma educação digna, não digo só na parte que incluem materiais e estrutura física, mas sim professores preparados, preocupados e interessados em mudar o cenário pedagógico do país.
Estudar sempre, evitar o senso comum, se atualizar, nada mais do que uma obrigação para todos que trabalham com a educação do outro.
Vamos nos preocupar com as crianças, com seu universo, sua individualidade, suas limitações, desejos e anseios.
A incompetência de um professor pouco interessado gera aulas mal dadas, e alunos acomodados e insatisfeitos.
Mudar é preciso, estudar é necessário.
Vamos nos lembrar sempre:
"Brincadeira é coisa séria".
Reflitam!!!!

As crianças de 2 a 3 anos

parque 
Nessa fase, a criança está cheia de energia e entusiasmo.
Aprende por meio da exploração do ambiente, curiosidade, imitação e imaginação sem fim. Quanto mais a criança é estimulada a falar,movimentar-se e descobrir, maior será o desenvolvimento do seu cérebro e da coordenação fina dos seus movimentos.
Essas realizações ajudam a criança a se comportar com mais competência e confiança. A criança, nessa fase, já pode engatinhar e andar e se desloca pela casa. Abaixa-se, sem cair, para pegar objetos no chão. Começa a identificar as partes do corpo
e aprende a falar o nome delas.
Ainda se comunica por gestos, abana a cabeça para dizer não, dá adeus, bate palminhas, fala pequenas frases, como "mamá qué bola", "papá qué água".
Atenção:
• A família deve estar perto da criança para que ela se sinta protegida ao aprender a andar;
• A criança aprende a falar com as pessoas que falam com ela, repete o que ouve e, por isso, devemos falar corretamente as palavras;
• A criança já entende o que falam com ela, mas nem sempre obedece. Ela atende quando se interessa por fazer o que foi pedido; e
• Chora e faz pirraça quando é contrariada.
A criança aprende a falar com as pessoas que falam e conversam com ela.

O que a criança gosta de fazer?
• Bater palmas quando está contente.
• Falar pequenas frases.
• Dar adeus para as pessoas.
• Rabiscar e desenhar.
• Virar as páginas dos livros
sem rasgar.
• Montar torres e objetos.

Quer tudo para si e, quando ouve um não, chora e faz pirraça.
Movimenta-se pela casa, engatinha, caminha e gosta de brincar com os objetos e com as pessoas.
A criança precisa conhecer, tocar, mexer, dançar, cantar, ouvir histórias. Essas atividades ajudam no seu aprendizado e desenvolvimento.


Brincadeiras
Brincar é a atividade principal da criança.
Ao brincar, a criança desenvolve a atenção, imitação, memória, movimentação, equilíbrio e imaginação. Também constrói curiosidade, confiança e auto-estima.
A família precisa organizar o ambiente, oferecer livros, objetos e brinquedos.
 Criar situações para a criança olhar, brincar de correr, pular, saltar, empurrar ou puxar objetos, sozinha e também com outras crianças. A criança acha que é o centro do mundo e tem dificuldade de compartilhar. As crianças podem também brincar nas creches com as educadoras. Nessa idade, a criança usa e explora os objetos da casa. Ela quer fazer as coisas sozinha, inclusive o que não pode fazer, como subir e descer de locais perigosos, colocar o dedo em tomadas elétricas, colocar na boca o que encontra pela casa, colocar sacos plásticos na cabeça.

Cuidado:

• A família precisa acompanhar o que a criança está fazendo e ensinar, com firmeza e sem violência, o que ela pode e o que não pode fazer.


Brincar é a atividade principal da vida da criança.
Do que a criança gosta de brincar?
De "esconde-esconde", cantar,dançar, bater palma, rolar no chão,imitar as pessoas.
Com caixas vazias de tamanhos variados, embalagens vazias e limpas, transformadas em brinquedos.
Gosta de ouvir várias vezes as mesmas histórias.

Cuidado:• Sacos plásticos podem causar sufocamento, por isso, não devem
ser dados para a criança brincar. Criança precisa brincar sozinha e com outras crianças.

Brincando, elas aprendem e se desenvolvem.
Fiquem com Deus!!!!

Brincando e aprendendo

"Soubéssemos nós adultos preservar o brilho e o frescor da brincadeira infantil, teríamos uma humanidade plena de amor e fraternidade. Resta-nos, então, aprender com as crianças"
(Monique Deheinzelin)

O brinquedo e a brincadeira traduzem o mundo para a realidade infantil.
 
Brincando a criança suaviza o impacto provocado pelo tamanho e pela força dos adultos
 e do mundo que ainda desconhece,
diminuindo assim, seu sentimento de impotência e entendendo a realidade que a rodeia.
 
Brincando, sua inteligência, sensibilidade, habilidades, a motricidade, a mente e a criatividade estão sendo desenvolvidas, além de aprender a socializar-se com outras crianças e com os adultos.
 
Cientes da importância do brincar para a criança devemos oferecer inúmeras oportunidades e momentos que possibilitem a ela elaborar o mundo em que estão inseridas.
 
Visitem o link de Jogos e Brincadeiras e se divirta junto com as crianças....
 
Fiquem com Deus!!!!!

O desenho





O desenho é uma atividade espontânea e como tal, deve-se respeitá-la e considerá-la como a grande obra das crianças.
Se a criança tem vontade de desenhar, anime-a sempre que o faça.
O ideal seria que todas as crianças pudessem ter, desde cedo, algum contato com o lápis e o papel.
Começarão com rabiscos e logo estarão desenhando formas mais reconhecíveis. Quanto mais a criança desenhar, ela se aperfeiçoará, e mais benefícios se notará no seu desenvolvimento.
O desenho facilita e faz evoluir a criança na:
1- psicomotricidade fina
2- escrita e a leitura
3- confiança en sí mesma
4-exteriorização de suas emoções, sentimentos e sensações
5- comunicação com os demais e consigo mesma
6- criatividade
7- formação da sua personalidade
8- maturidade psicológica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A Pedra"

A Pedra

O Distraído nela tropeçou...

O bruto a usou como projetíl.

O empreendedor, usando-a, construiu.

O camponês, cansado da lida, dela fez assento.

Para meninos, foi brinquedo.

Drummond a poetizou.

Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!

Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.


Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.

Apresentação

Olá amigos, vocês devem ter notado que meu blog está em fase de arrumação. mas em breve vocês terão muitas novidades. Agradeço sempre as dicas e tutoriais de outros blogs e sites "parceirões" que eu sigo e adoro, pois é com eles que eu sempre aprendo muito. Não poderia deixar de citá-los: coisinhasdenikita, tonygifsjavas, FlachVortex.com e Blogueiras Unidas, e dicasparablogs. bjs á todos e fiquem com Deus.
Com Carinho, Dihéne