Seguidores

quinta-feira, 10 de maio de 2012

0

Medite

O ontem é história.
O amanhã é um mistério.
O hoje é uma dádiva.
E é por isso que se chama presente.
Então, viva-o da melhor forma possível!
 
autor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Natália
- Rio de Janeiro (RJ)




 
SEJA VOCÊ MESMO!


Só sendo o que você é,
Sua existência já é um presente para muita gente.
E você não precisa ser nada mais do
Que isso!

Você não é perfeito...
Ninguém é !!!
Você tem seus dias
Ruins ...
Todos nós temos!
Às vezes, nem você mesmo se
Agüenta...
E daí?
Todo mundo tem disso!
O que você, talvez, não tenha
Notado...
É que as pessoas ao seu
Redor, querem você,
Exatamente, assim...
Com seus erros, seus acertos,
Seus problemas, alegre ou
Triste,  sério ou sorridente,
não importa!
Porque você faz
Parte da vida
Dessas pessoas.
Embora, às vezes,
Possa parecer que
Não faz diferença ...
Simplesmente, porque
Você ...
É você!!!
E ninguém é igual à
Você !!!

Quer coisa melhor do que isso!!!

 
autor desconhecido

Mensagem enviada pela internauta Agda Pelli Chalub
- Belo Horizonte (MG) -
 

 
O SOL E O VENTO

O sol e o vento discutiam sobre qual dos dois era mais forte.

O vento disse:

- Provarei que sou o mais forte. Vê aquela mulher que vem lá embaixo com
um lenço azul no pescoço? Aposto como posso fazer com que ela tire
o lenço mais depressa do que você.

O sol aceitou a aposta e recolheu-se atrás de uma nuvem.

O vento começou a soprar até quase se tornar um furacão, mas quanto
mais ele soprava, mais a mulher segurava o lenço junto a si.

Finalmente, o vento acalmou-se e desistiu de soprar.

Logo após, o sol saiu de trás da nuvem e sorriu bondosamente para a mulher.

Imediatamente ela esfregou o rosto e tirou o lenço do pescoço.

O sol disse, então, ao vento:

- Lembre-se disso:
"A gentileza e a amizade são
sempre mais fortes que
a fúria e a força."

 
autor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Natália
- Rio de Janeiro (RJ)

ESTAR NO LUGAR CERTO...

Uma camela e seu filhote estavam à toa, quando de repente o bebê camelo perguntou:

– Mãe, mãe, posso lhe perguntar algumas coisas?


– Claro! O que está incomodando o meu filhote?

– Por que os camelos têm corcova?

– Bem, meu filhinho, nós somos animais do deserto, precisamos das corcovas para
reservar água e por isso mesmo somos conhecidos por sobreviver sem água!
– Certo, e por que nossas pernas são longas e nossas patas arredondadas?

– Filho, certamente elas são assim para nos permitir caminhar no deserto. Sabe, com essas pernas
eu posso me movimentar pelo deserto melhor do que qualquer um!

– Tá... Então, por que nossos cílios são tão longos? De vez em quando eles atrapalham minha visão.

– Meu filho, esses cílios longos e grossos são como uma capa protetora para os olhos. Eles ajudam na
proteção dos seus olhos quando atingidos pela areia e pelo vento do deserto!

– Ahhh! – concordou o camelinho.

– Então a corcova é para armazenar água enquanto cruzamos o deserto, as pernas
para caminhar através do deserto e os cílios são para proteger meus olhos do deserto.

– Isso mesmo, meu filho!

– Então... o que estamos fazendo nesse tal de zoológico?



MORAL DA HISTÓRIA:
"Não adianta você ter tudo se
você não está no lugar certo!"

 
utor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Natália
- Rio de Janeiro (RJ)

 
A maneira pessoal de ver as coisas...

Uma indústria de calçados do Brasil desenvolveu um projeto de
exportação de sapatos para a Índia, mandando dois de seus
consultores a pontos diferentes daquele país para fazer as primeiras
observações do potencial daquele futuro mercado.
Depois de alguns dias de pesquisa, um dos consultores enviou
o seguinte fax para a direção da indústria:
“Senhores, cancelem o projeto de exportação de sapatos para a Índia.
Aqui ninguém usa sapatos.”
Sem saber da existência desse fax, alguns dias depois o segundo
consultor mandou o seu:
”Senhores, tripliquem o projeto da exportação de sapatos
para a Índia. Aqui ninguém usa sapatos...ainda!”


MORAL DA HISTÓRIA
:
A mesma situação era um enorme obstáculo para um dos consultores e uma fantástica oportunidade para o outro. Da mesma forma, tudo na vida pode ser visto com enfoques
 maneiras diferentes. A sabedoria popular traduz essa situação na seguinte frase:


"
OS TRISTES ACHAM QUE O VENTO GEME, OS ALEGRES,
ACHAM QUE ELE CANTA"


O mundo é como um espelho que devolve a cada pessoa o reflexo de
seus próprios pensamentos. A maneira como você encara
a vida faz toda a diferença.

 
utor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Natália
- Rio de Janeiro (RJ)




ADEUS....
"Tomei um lugar vazio no fundo da sala e fiquei assistindo. Todos os alunos
estavam trabalhando numa tarefa, preenchendo uma folha de caderno
com idéias e pensamentos. Uma aluna de dez anos, mais próxima de mim,
estava enchendo a folha de  vários
"não consigo".

"
Não consigo chutar a bola de futebol além da segunda base."
"Não consigo fazer divisões longas com mais de três números."
"Não consigo fazer com que a Debbie goste de mim."


Caminhei pela sala e notei que todos estavam escrevendo o que não conseguiam fazer.

"Não consigo fazer dez flexões." "Não consigo comer um
biscoito só..."


A esta altura, a atividade despertara minha curiosidade, e decidi verificar com a professora
o que estava acontecendo, e percebi que ela também estava ocupada
escrevendo uma lista de "não consigos".

Frustrado em meus esforços em determinar porque os alunos estavam trabalhando
com negativas, em vez de escrever frases positivas, voltei para o meu lugar e
continuei minhas observações.

Os estudantes escreveram por mais dez minutos.
A maioria encheu sua página.
Alguns começaram uma outra.
Depois de algum tempo os alunos foram instruídos a dobrar as folhas ao meio e
colocá-las numa caixa de sapatos, vazia, que estava sobre a mesa da professora.

Quando todos os alunos haviam colocado as folhas na caixa, Donna, a professora,
acrescentou
as suas, tampou a caixa, colocou-a embaixo do braço e saiu
pela porta do corredor.
Os alunos a seguiram.
E eu segui os alunos.
Logo à frente, a professora entrou na sala do zelador e saiu com uma pá.
Depois seguiu para o pátio da escola, conduzindo os alunos até o canto mais
distante do playground.

Ali começaram a cavar.
Iam enterrar os seus "não consigo"!
Quando a escavação terminou, a caixa dos vários "não consigo" foi depositada no
fundo e rapidamente coberta com terra.

Trinta e uma crianças de dez e onze anos permaneceram de pé, em torno
da sepultura recém cavada.


Donna, então, proferiu louvores.

"Amigos, estamos hoje aqui reunidos para honrar a memória do "não consigo".
Enquanto esteve conosco aqui na Terra, ele tocou as vidas de todos nós,
de alguns mais do que de outros. Seu nome, infelizmente, foi mencionado
em cada instituição pública - escolas, prefeituras, assembléias legislativas e
até mesmo na Casa Branca. Providenciamos um local para o seu descanso final e
uma lápide que contém seu epitáfio. Ele vive na memória de seus irmãos e irmãs
"eu consigo", "eu vou"' e "eu vou imediatamente".
Que "não consigo" possa descansar em paz e que todos os presentes possam
retomar suas vidas e ir em frente na sua ausência. Amém."


Ao escutar as orações entendi que aqueles
alunos jamais esqueceriam a lição.

A atividade era simbólica: uma metáfora da vida.

O "não consigo" estava enterrado para sempre.

Logo após, a sábia professora encaminhou os alunos de volta à classe e
promoveu uma festa.


Como parte da celebração, Donna recortou uma grande lápide de papelão e
escreveu as palavras "não consigo" no topo, "descanse em paz" no centro, e a data embaixo.


A lápide de papel ficou pendurada na sala de aula de Donna durante o resto do ano.

Nas raras ocasiões em que um aluno se esquecia e dizia "não consigo", Donna, simplesmente,
apontava o cartaz "descanse em paz".


O aluno, então, se lembrava que "não consigo" estava morto e reformulava a frase.

Eu não era aluno de Donna.

Ela era minha aluna.

Ainda assim, naquele dia aprendi uma lição duradoura com ela.

Agora, anos depois, sempre que ouço a frase "não consigo", vejo imagens daquele
funeral da quarta série.


Como os alunos, eu também me lembro de que
"não consigo"
está morto
."
-.-

Esta história foi contada por Chick Moorman, e aconteceu numa escola primária do
estado de Michigan, Estados Unidos.

Ele era supervisor e incentivador dos treinamentos que ali eram realizados, e um dia
viveu uma experiência muito instrutiva, conforme ele mesmo narrou...


Baseado em texto de Chick Moorman do livro
"Canja de Galinha para a Alma"
Jack Canfield & Mark Victor Hansen, ed. Ediouro

Mensagem enviada pela internauta Natália
- Rio de Janeiro (RJ)




Uma Lição de Sabedoria

Conta-se que no século passado, um turista de origem
americana foi a cidade do Cairo, no Egito, com o objetivo de
visitar um famoso sábio.
O turista ficou surpreso ao ver que o sábio morava num quartinho muito
simples e cheio de livros.
As únicas peças de mobília eram uma cama,
uma mesa e um banco.
-Onde estão os seus móveis? – perguntou o turista.
E o sábio, bem depressa, perguntou também:
- E onde estão os seus?
- Os meus?!? – surpreendeu-se o turista.
-Mas, eu estou aqui só de passagem!
- Eu também... A vida na terra é somente
uma passagem... concluiu o sábio.
No entanto, alguns vivem como se fossem
ficar aqui eternamente; ficam pensando só em ter bens materiais...
e esquecem de ser felizes!

 
autor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Luiza
- Brasília (DF) -

 
Hoje, apenas hoje...

- Hoje, a partir de hoje, procurarei viver pensando apenas neste dia, exclusivamente,
no aqui e no agora, sem querer resolver todos os
problemas da minha vida de uma só vez;
- Hoje, apenas hoje, procurarei ter o máximo cuidado nas minhas convivências, ser
cortês nas minhas maneiras de ser. A ninguém
criticarei e, nem pretenderei melhorar e corrigir, à força, ninguém,
senão a mim mesmo;
- Hoje, apenas hoje, serei feliz,  na certeza de que fui criado para a felicidade,
não só para o outro mundo, mas, para este que estou
vivendo no momento;
- Hoje, apenas hoje, adaptar-me-ei às circunstâncias sem pretender
que elas se adaptem aos meus desejos;
- Hoje, apenas hoje, dedicarei dez minutos dos meu tempo a uma boa leitura,
recordando-me que como o alimento é necessário para a vida do corpo, assim,
a boa leitura é necessária, também, para a vida da alma;
- Hoje, apenas hoje, farei uma boa ação e não direi a ninguém;
- Hoje, apenas hoje, farei alguma coisa que me custe a fazê-la, e,
se me sentir ferido nos meus sentimentos,  procurarei fazer para
que ninguém o saiba;
- Hoje, apenas hoje, executarei um programa pormenorizado, talvez,
não o cumpra perfeitamente, mas, ao menos, escrevê-lo-ei e
procurarei fugir de dois males a saber:
”PRESSA” e “INDECISÃO”
- Hoje, apenas hoje, acreditarei, firmemente, embora, as circunstâncias mostrem
o contrário, que a providência de DEUS se ocupa de mim
como se não existissem mais ninguém no mundo e,
- Hoje, apenas hoje, não terei nenhum temor de modo especial.
Não terei medo de gozar o que é belo e crer na bondade.

Assim, somente, assim, poderei ver e sentir que  as conquistas das
virtudes nos esforços de viver o dia presente me ajudarão a descobrir o imenso
prazer de ser bom, humano e benevolente para com todos
sem distinção de raças, cores e nem de crenças, porque somos
todos irmãos em JESUS.
Pense nisso, mas, pense,

AGORA e SEMPRE.

Colaboração da internauta do Rio de Janeiro (RJ)

I. A.  Raymundo


O que importa é o que eu penso...

Conta-se que numa pequena cidade do interior um grupo de pessoas
se divertia com um pobre coitado de pouca inteligência, que vivia de pequenos
biscates e esmolas - o “bobo” da aldeia.
Diariamente, eles chamavam o “rapaz” ao bar onde se reuniam e ofereciam
a ele a escolha entre duas moedas – uma grande de 400 réis e
uma outra menor, de dois mil réis.
Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo
de risos para todos.

Certo dia, um dos membros do grupo o chamou e perguntou-lhe se ainda
não havia percebido que a moeda maior valia menos.
-
Eu sei – respondeu o não tão tolo assim –
ela vale cinco vezes menos,
mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais
ganhar minha moeda.


MORAL DA HISTÓRIA:

Pode-se tirar algumas conclusões dessa pequena narrativa

1) Quem parece idiota, nem sempre o é.
2) Quem se acha muito esperto, pode estar fazendo o papel inverso: o de tolo.
3) Se você for muito ganancioso acaba anulando a sua fonte de renda.
4) E para finalizar:

O que importa não é o que pensam de nós, mas o que realmente somos para nós.
autor desconhecido

Colaboração do internauta do Rio de Janeiro (RJ)

Bruno
 

 
DEPENDE SÓ DE VOCÊ...

Um homem muito rico morreu e foi recebido no Céu.
O anjo guardião o levou por várias alamedas e foi-lhe mostrando as
moradias que ali existiam.
Passaram por uma linda casa com belos jardins.
O homem, admirado, exclamou perguntando-lhe:
- Que linda casa! Quem mora nela?
- O anjo lhe respondeu:
É o Manoel, aquele seu motorista que morreu no ano passado.
O homem ficou pensando:
”Puxa! Se o Manoel tem uma casa dessas, aqui deve ser muito bom”.
Logo a seguir, surgiu uma outra casa muito mais bonita e ele perguntou
mais admirado ainda:
- E aqui! Quem mora?
- Aqui é a casa da Maria, aquela que foi sua cozinheira.
O homem ficou imaginando que, tendo seus serviçais magníficas residências,
sua morada deveria ser, no mínimo, um palácio, e estava ansioso por vê-la.
Nesse instante, o anjo parou diante de um barraco construído com tábuas e disse:
- Esta é a sua casa.
O homem ficou decepcionado demonstrando sua indignação.
- Essa é a minha!
- Como é possível? Vocês sabem construir coisa muito melhor!!!
- Claro que sabemos. Respondeu o anjo, mas, nós construímos apenas a casa.
O material é selecionado e enviado por vocês mesmos. Foi o que conseguimos
fazer com o material que nos foi enviado por você.

Moral da história:

Cada gesto de amor e partilha com o próximo é um tijolo com o qual
construímos a nossa casa na eternidade.
Tudo se decide por aqui mesmo, nas escolhas e atitudes que você faz todo dia.
Por conseguinte, é importante nós repensarmos a respeito de nossos valores,
atitudes e ações, para que, mais tarde não soframos por todas
as conseqüências de nossos erros.
Contribua com o melhor material para erquer a sua casa neste lugar.

Dependerá só de você a construção final  de uma bela moradia.

Colaboração do internauta do Rio de Janeiro (RJ)

RAYOMAR
 
Confie...

Eu observei um menino sozinho, na sala de espera do aeroporto,
aguardando a chamada para  o seu vôo.
Quando o embarque começou, o menino foi colocado na frente da fila
para entrar e encontrar o seu assento antes dos adultos.
Quando entrei no avião, vi que ele estava sentado em uma poltrona ao lado da minha.
Quando eu sentei aquele garoto foi cortês comigo quando puxei conversa com ele e,
em seguida, começou a passar o tempo colorindo gravuras de  um livro.
Ele não demonstrava nenhuma ansiedade ou preocupação com o vôo enquanto as preparações
para a decolagem estavam sendo feitas.
Durante o vôo, o avião entrou numa tempestade muito forte, o que fez com que a aeronave balançasse
como uma pena ao vento.
A turbulência e as sacudidelas bruscas assustaram alguns  dos passageiros,
mas, o menino parecia encarar tudo com a maior naturalidade.
Uma das passageiras, sentada do outro lado do corredor, ficou preocupada
com tudo aquilo que acontecia, naquele momento,  perguntou ao garoto:
- Você não está com medo?
- Não senhora, não tenho medo – ele respondeu, levantando os olhos de
seu livro de colorir e, confiante,  disse com um sorriso:
- Meu pai é o piloto.
 
Loyde John Ogilvie
autor


MORAL DA HISTÓRIA

Existem situações durante a nossa vida, que nos lembram um avião passando
por uma forte tempestade. Por mais que tentemos, não conseguimos
nos sentir seguros, em terra firme.
temos a sensação de que estamos pendurados no ar, sem nada
a nos sustentar, e segurar
em  algo que possamos nos apoiar e que nos sirva de socorro. Então, sempre
que se sentir inseguro e em situação de perigo, lembre-se que
apesar das circunstâncias, por piores que elas pareçam, lembre-se
que nossa vida está nas mãos do DEUS, que criou o Céu e a terra.
Ele está no controle de tudo, por isso não há o que temer.  
 
“O NOSSO PAI É O PILOTO,
NÃO TEMEREI MAL ALGUM “


Colaboração enviada pela internauta do Rio de Janeiro (RJ)
I.A.Raymundo


DEPENDE COMO VOCÊ ENCARAR...

Era uma vez, um riacho de água cristalina, muito bonito, que serpenteava
entre as montanhas.
Em certo ponto de seu percurso, notou que a sua frente havia um pântano imundo,
por onde, deveria passar.
Olhou, então, para Deus, e protestou:
- Senhor, que castigo me deste! Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso,
e o Senhor me obriga a atravessar um pântano sujo como este: Como faço agora?
Deus, sabiamente, respondeu-lhe:
- Isso depende da sua maneira de encarar o pântano. Se você ficar com medo, 
irá diminuir o ritmo de seu curso, dará muitas voltas e inevitavelmente acabará
misturando suas águas com as do pântano, o que o tornará igual a ele.
Mas, se você o enfrentar com velocidade, com força, com decisão, suas águas
se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens,
e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano.
Ai, então, você se transformará em mar.


MORAL DA HISTÓRIA
Assim é a na vida. Nem toda mudança, por mais difícil que pareça, significa que
vai ser ruim. Pelo contrário, às vezes essas mudanças nos dão mais força, fazem florescer
nossa coragem e determinação.
Muitas pessoas, diante de qualquer empecilho, ficam paralisadas, assustadas e sem ação.
Tensas, perdem a fluidez e a força.
É preciso entrar  com determinação nos projetos da vida até que o rio se transforme em mar.
A vida é uma aventura gratificante para quem tem coragem de arriscar.
Não tenha medo, supere-se.
Você conseguirá!!!

autor desconhecido


Colaboração enviada pela internauta do Rio de Janeiro (RJ)
I.Raymundo


Jogue fora suas batatas

Um professor pediu aos alunos que levassem uma sacola com batatas
para a sala de aula.
Solicitou que separassem uma batata para cada pessoa que os magoara
ou de alguma forma os fizera sofrer.
Então, escrevessem o nome da pessoa na batata e a colocassem
dentro da sacola.
Eles começaram a pensar, e foram lembrando uma a uma...
Algumas sacolas ficaram  muito pesadas!
A tarefa seguinte consistia em,
durante uma semana, carregar consigo a sacola com as batatas para
aonde quer que fossem.
Com o tempo as batatas foram se deteriorando.
Era um incômodo carregar a sacola o tempo todo e ainda sentir seu mau cheiro.
Alem disso, a preocupação em não esquecê-la em algum lugar fazia com que deixassem
de prestar atenção em outras coisas que
eram importantes para eles.
E, foi assim que, os alunos entenderam a lição de que carregar mágoas é
tão ruim quanto carregar batatas.
Quando damos importância aos problemas não resolvidos ou às promessas
não cumpridas, nossos pensamentos se enchem de mágoa, aumentando
o stress e roubando nossa alegria.
Perdoar e deixar estes sentimentos irem embora é a única forma de trazer
de volta a paz e a calma.

Vamos lá!

Jogue fora suas
”batatas”

E sorria!!!


Autor desconhecido
Mensagem enviada pela internauta Natália – Rio de Janeiro (RJ)

Seja fonte!

Fonte de água pura e cristalina.
Seja água abundante para quem tem sede de
amor, de carinho.
De força, de apoio de diretriz.
Se você não tem nenhum motivo para ser feliz,
seja feliz por ser fonte.
Por ser procurado por aqueles que precisam de você.

Seja Porto!

Porto de chegada de almas cansadas,
seja porto para aqueles que andam perdidos pelo
mundo,
e que precisam de um lugar tranqïilo para descansar o
fardo que carregam.
Para ser porto de chegada, abrace, afague, receba, dê boas vindas.
Seja porto de saída, saída para quem precisar partir, despedindo-se das ilusões,
das dores, dos fracassos e decepções.
Partindo para um vida melhor, para isso, ajude, apóie, converse, estenda
as mãos, ouça, oriente.
Seja também porto seguro, para quem lhe ama e precisa de você.
Porto seguro para os amigos, para a família, para quem precisar.
Para ser porto seguro, esqueça o ego e pense no próximo, esqueça suas dores
e amenize as dores do próximo.
Se você não tem motivos para ser feliz,
seja feliz por ser porto,

Para receber aqueles que procuram por você.

Seja ponte!

Ponte que liga a vida terrena à eternidade do céu.
Para ser ponte, compreenda, perdoe e deixe as pessoas passarem por você.
Para ser ponte, esteja no fim da estrada daqueles que não
encontram o caminho de volta.
Seja a passagem e não o atalho, seja o caminho livre e não o pedágio.
Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser ponte.
Ponte significa união, ligação, laços de afeição.

Seja estrada!

Estrada longa, gostosa de passear,
Estrada iluminada de dia pelo sol e de noite pelo luar.
Estrada que conduz a outros caminhos.
Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser estrada,
estrada dos peregrinos da vida, estes plantarão flores aos seus pés.
Seja estrada para os caminhantes do tempo,
esses regarão suas flores.
Seja estrada para os andarilhos do mundo,
esses poderão colhê-las, e sentir seu perfume.

Seja estrela!

Seja a estrela que mais brilha no firmamento.
Seja a estrela inspiradora dos poetas,
Dos românticos e apaixonados.
Para ser estrela, ilumine os que cercam,
Distribua luz gratuitamente.
Seja estrela guia, estrela da sorte.
Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz
por ser estrela,
Porque as estrelas estão sempre no alto,
São soberanas porque guiam os navegantes.

Seja chuva!

Chuva que molha os corações secos, vazios de amor, de esperança, de paz.
Seja chuva que inunda os campos áridos, que molham os jardins, que dá vida a toda vegetação, e
que faz transbordar os rios.
Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser chuva,
A chuva é sempre esperada,
Por que dela depende a continuidade de toda a humanidade.

Seja árvore!

Árvore que dá frutos para quem tem fome.
Que dá sombra e refresca o árduo calor dos
caminhantes que seguem pela vida.
Seja árvore que aninha, que acolhe os passarinhos,
que enfeitam os quintais.
Se você não tem outro motivo para ser feliz, seja feliz por ser árvore.
Por que ser árvore é ter raízes sólidas e profundas.
É ter braços que se alongam, que se estendem...
É produzir flores para enfeitar a alma de alguém,
É ser forte e enfrentar temporais.
É ter suas folhas embaladas pelo vento,
É ser molhada pela chuva
E acalentada pelo sol, é fazer parte da criação
Como um ser único.

SER FONTE, SER PORTO, SER PONTE, SER ESTRADA,
SER CHUVA ou SER ÁRVORE...

É SERVIR A DEUS!

 
Mensagem enviada pela internauta Karla Tessmann
- Brasília (DF) -

 
12 PONTOS

Certo dia, ao chegar em meu escritório, notei que num canto da mesa alguém havia
colocado um pequeno recorte de jornal ou revista, com um mensagem
que me chamou a atenção.
Após lê-la, achei não só interessante, mas muito útil:


Você que ser gente, mesmo?
Então decore e vivencie estes 12 pontos:

1º ponto – Três coisas devemos cultivar:

O esforço, a verdade e perseverança

2º ponto – Três qualidades devemos preservar:

O caráter, a nobreza e humildade

ponto – Três colunas devemos manter de pé, a todo o custo:

A calma, o otimismo e a serenidade

ponto
– Três flores devemos plantar:

A caridade, o bem e a cordialidade

ponto – Três tesouros que devemos sempre acumular:

Os amigos, a cultura e a família

ponto – Os três sentimentos que devemos expulsar:

A cobiça, o medo e o rancor

ponto – As três fontes inesgotáveis de energia para revigorar:

A terra, o céu e o mar

ponto – Três bandidos devemos banir:

O pessimismo, a covardia e o desânimo

ponto – Três legados preciosos devemos defender:

A honra, a dignidade e a honestidade

10º ponto – Três diamantes devemos burilar:

O trabalho, a justiça e a alegria

11º ponto – Três galhos devemos podar:

A língua, a indisciplina e a maledicência

12º ponto – Três irmãs gêmeas devemos nutrir:

A fé, o amor e a esperança


GOSTOU?
ENTÃO COMECE A CULTIVAR!!!
 
Mensagem enviada pela internauta Karla Tessmann
- Brasília (DF) -


Você aprende que...
"Depois de algum tempo você percebe a diferença,
A sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia
nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes,
não são promessas.
Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos
adiante, com a graça de um adulto e não com
a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje,
porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos,
e o futuro tem o costume de cair em meio ao avião.
Depois de um tempo, você aprende que o sol queima se
ficar exposto por muito tempo
e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas
pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa,
Ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para se construir confiança e
apenas segundos para destruí-la, e que você pode
fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá
pelo resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades
continuam a crescer mesmo às longas distâncias.
E o que importa não é o que  você tem na vida,
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos
que os amigos mudam, percebe que seu amigo e você podem
fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes têm influência
sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve comparar com os outros,
mas com o melhor que pode ser. descobre que se leva muito
tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, mas onde está indo, mas se
você não sabe para onde está indo, qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus atos, ou eles o controlarão,
e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa
quão delicada e frágil seja uma situação,
sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que  era necessário
fazer, enfrentando as conseqüências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute
quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que
se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos
aniversáriosl você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são
bobagens, poucas coisas são tão humilhantes e seria uma tragédia
se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva tem o direito de estar com
raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.
Descobre que só porque alguém não te ama do jeito que você quer
que ame, não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode,
pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente
não sabem como demonstrar ou viver isso. Aprende que nem
sempre é suficiente ser perdoado por alguém,  Algumas vezes
você tem que aprender a perdoar a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será
em algum Momento condenado.
Aprende que não importa em  quantos pedaços seu coração foi
partido, o mundo não pára para que você o conserte.
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás.
portanto, plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de
esperar que alguém lhe traga flores.
E você aprende que realmente pode suportar... que, realmente,
é forte, e que pode ir muito mais longe depois de pensar
que não se pode mais.
E que, realmente, a vida tem valor e que você tem valor diante da vida.
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que
poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar."

Sheakespeare
Mensagem enviada pela internauta Karla Tessmann
- Brasília (DF) -


Viva a Vida

A Vida é uma oportunidade,
aproveite-a.

A Vida é beleza,
admire-a.

A Vida é felicidade,
deguste-a.

A Vida é um sonho,
torne-o realidade.

A Vida é um desafio,
enfrente-o.
A Vida é um dever,
cumpra-o.

A Vida é um jogo,
jogue-o.

A Vida é preciosa,
cuide dela.

A Vida é uma riqueza,
conserve-a.

A Vida é amor,
goze-o.

A Vida é um mistério,
descubra-o.

A Vida é promessa,
Cumpra-a.

A Vida é tristeza,
supere-a.

A Vida é um hino,
cante-o.

A Vida é uma luta,
aceite-a.

A Vida é uma aventura,
arrisque-a.

A Vida é a Vida,
defenda-a.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A Pedra"

A Pedra

O Distraído nela tropeçou...

O bruto a usou como projetíl.

O empreendedor, usando-a, construiu.

O camponês, cansado da lida, dela fez assento.

Para meninos, foi brinquedo.

Drummond a poetizou.

Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!

Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.


Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.

Apresentação

Olá amigos, vocês devem ter notado que meu blog está em fase de arrumação. mas em breve vocês terão muitas novidades. Agradeço sempre as dicas e tutoriais de outros blogs e sites "parceirões" que eu sigo e adoro, pois é com eles que eu sempre aprendo muito. Não poderia deixar de citá-los: coisinhasdenikita, tonygifsjavas, FlachVortex.com e Blogueiras Unidas, e dicasparablogs. bjs á todos e fiquem com Deus.
Com Carinho, Dihéne