Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

0

Alfabeto


Alfabeto





















A estória do lápis

  O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou:
_ Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco?E por acaso, é uma história sobre mim?
 A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:
_ Estou escrevendo sobre você, é verdade.
Entretanto, mais importante do que as palavras, é o lápis que estou usando. Gostaria que você fosse como ele, quando crescesse.
O menino olhou para o lápis, intrigado, e não viu nada de especial.
_ Mas ele é igual a todos os lápis que vi em minha vida!
_Tudo depende do modo como você olha as coisas.
  Há cinco qualidades nele que, se você conseguir mantê-las, será sempre uma pessoa em paz com o mundo:
"Primeira qualidade:
_Você pode fazer grandes coisas, mas não deve esquecer nunca que existe uma Mão que guia seus passos. Esta mão nós chamamos de Deus, e Ele deve sempre conduzi-lo em direção à Sua vontade".
"Segunda qualidade:
  De vez em quando eu preciso parar o que estou escrevendo, e usar o apontador. Isso faz com que o lápis sofra um pouco, mas no final, ele está mais afiado. Portanto, saiba suportar algumas dores, porque elas o farão ser uma pessoa melhor."
"Terceira qualidade:
  O lápis sempre permite que usemos uma borracha para apagar aquilo que estava errado. Entenda que corrigir uma coisa que fizemos não é, necessariamente algo mau, mas algo importante para nos manter no caminho da justiça".
"Quarta qualidade:
  O que realmente importa no lápis não é a madeira ou sua forma exterior, mas o grafite que está dentro. Portanto, sempre cuide daquilo que acontece dentro de você.
  Finalmente, a quinta qualidade do lápis: ele sempre deixa uma marca. Da mesma maneira, saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação.

QUARTA-FEIRA, 15 DE FEVEREIRO DE 2012

Brincando e aprendendo( Técnica do cartão).




Execute esta técnica naqueles dias em que as crianças estiverem bem agitadas.. Esta, é a técnica dos cartões(como juiz de futebol). Cada cartão de uma cor simboliza uma ação.

Exemplos:

Cartão azul = ESTÁTUA

Cartão amarelo= DAR UMA GARGALHADA

Cartão vermelho= PARE

Cartão preto= ABAIXAR

Cartão rosa = VOZ "INVISÍVEL" (SEM SOM)

Cartão branco= DAR UM ABRAÇO

É necessário ter na sala um cartaz com essas legendas. Funciona muito! Por exemplo, estamos andando em fila de repente levanto o cartão azul, imediatamente todos viram estátuas. É um barato eles adoram e ficam mais calmos.

Vocês podem adaptar essa técnica com outros comandos.

TERÇA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2012

A fábula da estrela verde

Havia milhares de estrelas no céu. Estrelas de todas as cores : brancas, prateadas, verdes, douradas, vermelhas e azuis.
Um dia, elas procuraram Deus e lhe disseram:
— Senhor, gostaria de viver na Terra entre os homens.
— Assim será feito, respondeu o Senhor. Conservarei todas vocês pequeninas como são vistas e podem descer para a Terra.
Conta-se que, naquela noite, houve uma linda chuva de estrelas.
Algumas se aninharam nas torres das igrejas, outras foram brincar de correr com os vaga-lumes nos campos; outras se misturaram aos brinquedos das crianças e a Terra ficou maravilhosamente iluminada.
Porém, passando o tempo, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar para o céu, deixando a Terra escura e triste.
— Porque voltaram? Perguntou Deus, a medida que elas chegavam ao céu.
— Senhor, não nos foi possível permanecer na Terra. Lá existe muita miséria e violência, muita maldade, muita injustiça...
E o Senhor lhes disse:
— Claro! O lugar de vocês é aqui no céu. A Terra é o lugar do transitório, daquilo que passa daquele que cai daquele que erra daquele que morre nada é perfeito.
O céu é lugar da perfeição, do imutável, do eterno, onde nada perece.
Depois que chegaram todas as estrelas e conferindo o seu número, Deus falou de novo:
— Mas está faltando uma estrela. Perdeu-se no caminho?
Um anjo que estava perto retrucou:
— Não Senhor, uma estrela resolveu ficar entre os homens.
Ela descobriu que seu lugar é exatamente onde existe a imperfeição, onde há limite, aonde as coisas não vão bem, onde há luta e dor.
— Mas que estrela é essa? - voltou Deus a perguntar.
— É a Esperança, Senhor. A estrela verde. A única estrela dessa cor.
E quando olharam para a Terra, a estrela não estava só.
A Terra estava novamente iluminada porque havia uma estrela verde no coração de cada pessoa.
Porque o único sentimento que o homem tem e Deus não têm é a esperança.
Deus já conhece o futuro, e a Esperança é própria da pessoa humana, própria daquele que erra daquele que não é perfeito, daquele que não sabe como será o futuro.
Receba neste momento esta "estrelinha" em seu coração, sua estrela verde.
Não deixe que ela fuja e nem se apague.
Tenha certeza que ela iluminará o seu caminho... Seja sempre positivo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A Pedra"

A Pedra

O Distraído nela tropeçou...

O bruto a usou como projetíl.

O empreendedor, usando-a, construiu.

O camponês, cansado da lida, dela fez assento.

Para meninos, foi brinquedo.

Drummond a poetizou.

Já, Davi, matou Golias, e Michelangelo extraiu-lhe a mais bela escultura...
E em todos esses casos, a diferença não esteve na pedra, mas no homem!

Não existe "pedra" no seu caminho que você não possa aproveitá-la para o seu próprio crescimento.


Criado no siteVocê na capa de NOVA ESCOLA.

Apresentação

Olá amigos, vocês devem ter notado que meu blog está em fase de arrumação. mas em breve vocês terão muitas novidades. Agradeço sempre as dicas e tutoriais de outros blogs e sites "parceirões" que eu sigo e adoro, pois é com eles que eu sempre aprendo muito. Não poderia deixar de citá-los: coisinhasdenikita, tonygifsjavas, FlachVortex.com e Blogueiras Unidas, e dicasparablogs. bjs á todos e fiquem com Deus.
Com Carinho, Dihéne